12 de setembro de 2020 - Fonte: Agora News - Fotógrafo: Divulgação

Batalhadora e apaixonada pela profissão de motorista de caminhão, é o que define bem o perfil desta moradora da cidade Tupi Paulista, região oeste de São Paulo.  Após passar uma longa temporada afastada da boleia de um caminhão, Ivanice Mizael decidiu contar um pouco da sua história de vida e os percalços inesperados pelo caminho.  

Natural do município de São Caetano, na grande São Paulo, Ivanice é moradora na cidade de Tupi Paulista, interior paulista. Casada, mãe de dois filhos e avó de três netos, a mulher contou que, ainda moça adorava viajar ao lado do seu pai Irandir Rodrigues de Sousa, onde à época trabalhava para a empresa de insumos da região.

Seu Irandir ensinou a filha a amar o oficio da profissão e encarar os desafios das estradas brasileiras. "Como meu pai não teve um filho (homem) ele sempre me incentivava a dirigir e assim surgiu meu interesse, foi quando eu acabei me inspirando na profissão. 

Religiosa, Ivanice nunca perdeu suas esperanças, trabalhou por muito tempo como empregada doméstica, foi líder comunitária de bairro, representante parlamentar e chegando a participar da política do município. 

Hoje, aos 51 anos de vida, Ivanice sente-se realizada profissionalmente. Recentemente participou de uma seleção para a contratação de motoristas de caminhão, categoria LD (Longa Distância) onde foi classificada como sendo a primeira mulher caminhoneira da região a assumir a vaga de emprego em uma das mais respeitadas empresas no segmento de Logística Alimentícia de Presidente Prudente. Uma calorosa recepção organizada pelos funcionários da empresa, deu boas vindas a recém contratada.

Para chegar ao emprego, Ivanice disse que o apoio familiar foi fundamental. "A minha família me apoiou em tudo, motivo pelo qual expresso minha gratidão a Deus que em momento algum me desamparou" disse a mulher. Sempre ao lado do esposo Toninho Mizael e dos seus filhos, a caminhoneira concluiu dizendo estar realizada com o novo emprego. 

Por João Paulo Lopes