10 de agosto de 2018 - Fonte: Portal Regional - Fotógrafo: Lucas Mello/JR
Semana foi praticamente de céu nublado em Dracena
De acordo com a CATI – regional de Dracena até ontem, 9, haviam sido registrados 30 milímetros

Para alívio dos dracenenses que estavam há 110 dias sem chuva, a estiagem deu uma trégua e a chuva chegou desde a última sexta-feira, 3. De acordo com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI – regional de Dracena) até ontem, 9, haviam sido registrados 30 milímetros. Desde 2001, quando foram 109 dias sem chuva, o município não vivia uma estiagem tão severa. 

O diretor da CATI, Luís Alberto Pelozo, considerou que se trata de uma chuva bem aproveitada para a agricultura uma vez que o solo estava realmente precisando. “Já irá amenizar os problemas, melhorando a umidade, revertendo o quadro de seca, em breve a pastagem começará brotar”, disse.

Além da chuva, Dracena também registra queda nas temperaturas. Segundo o Climatempo, a previsão do tempo hoje é de sol, com algumas nuvens, sem chuva. A temperatura mínima será 8°C e a máxima 22°C.

MAIS FRIO – O ar frio de origem polar avança novamente sobre o Sudeste e faz a temperatura baixar nos próximos dias. Uma forte queda da temperatura já era observada no oeste de São Paulo, onde a temperatura em Presidente Prudente era de apenas 14°C, por volta do meio-dia.

Nesta sexta-feira, o ar polar começa a atuar com mais força no estado de São Paulo, no centro-sul do Rio de Janeiro e no Sul de Minas. A sensação já será de frio na região da Grande São Paulo e do Grande Rio.

 Mas é no fim de semana que a temperatura cai mais em todos os estados. A região da serra da Mantiqueira pode ter geada.  A cidade de São Paulo pode ter recorde de frio para este ano. O recorde atual é de 9,1°C. 

Por Letícia Pinheiro da Redação
Portal Regional
(Fonte Climatempo)