03 de dezembro de 2019 - Fonte: abcRede - Fotógrafo: Polícia Militar Ambiental
12 pássaros silvestres, da espécie coleirinho-papa-capim, foram resgatados
Aves foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental nesta segunda-feira (2) que, posteriormente, as soltou em seu habitat natural.

Um homem de 35 anos, morador de Panorama, foi multado em R$ 6 mil por manter em cativeiro animais silvestres. O caso ocorreu nesta segunda-feira (2).

A Polícia Militar Ambiental foi acionada para ir até uma casa na cidade após receber uma denúncia de manutenção de animais da fauna silvestre em cativeiro.

O morador, de acordo com a polícia, autorizou a entrada dos militares no imóvel. No quintal, foi constatado pelos policiais 12 pássaros silvestres, da espécie coleirinho-papa-capim (Sporoplhila Caerulescens), todos presos em gaiolas.

Indagado, o morador informou que capturou os pássaros no local e que não tinha autorização do órgão competente para mantê-los em cativeiro.

Diante da situação, o morador recebeu auto de infração ambiental, no valor de R$ 6 mil, por ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa sem autorização da autoridade ambiental competente.

Os pássaros foram apreendidos e soltos em seu habitat natural pela Polícia Militar Ambiental.

Cerca de 200 crianças da Escola Municipal Ídolo Guastaldino, em Panorama, acompanharam a soltura das aves, com o intuito de conscientizar sobre a educação ambiental.

As gaiolas onde estavam os pássaros foram destruídas no aterro sanitário da cidade.

AbcRede