21 de julho de 2021 - Fonte: G1 - Fotógrafo: Polícia Civil
Suspeitos de envolvimento em furto e receptação de cabos de cobre foram presos em Ouro Verde
Homens de 20 e 46 anos foram detidos pela Polícia Civil e permaneceram à disposição da Justiça.

A Polícia Civil, em Ouro Verde (SP), prendeu nesta terça-feira (20) duas pessoas durante uma investigação que apurava ocorrência de furto de fios e cabos de cobre na cidade.

Dois homens, de 46 e 20 anos, foram atuados em flagrante pelo crime de receptação qualificada e furto qualificado.

Segundo a polícia, o suspeito de 46 anos mantinha um ponto de comércio clandestino de ferro-velho na própria residência e, durante o interrogatório, confessou que teria comprado do homem de 20 anos “umas pedaceiras de fio chamuscado”, por R$ 126 e que não teria aferido o peso.

O homem também declarou que só comprou o material devido a insistência do suspeito de 20 anos, pois ele “não mexe com essas coisas não”. Ele foi atuado em flagrante por receptação qualificada por exercer o comércio, ficando à disposição da Justiça.

Já o outro indivíduo, de 20 anos, foi atuado em flagrante pelo crime de furto qualificado. Durante depoimento, ao ser formalmente indiciado, ele confessou que havia praticado outros furtos de fios, inclusive em propriedades rurais do município.

O jovem relatou ainda que seu enteado, menor de idade, sempre o acompanhava nos locais furtados, por isso também acabou indiciado pelo crime de corrupção de menores.

Os dois homens permaneceram a presos à disposição da Justiça.

Conforme a polícia, os cabos e fios elétricos furtados são geralmente queimados para separar a proteção de plástico e extrair o cobre, e em seguida, são comercializados ilegalmente. O comerciante que comprar fios e cabos de cobre sem procedência de origem pode ser penalizado por receptação qualificada, com pena reclusão de três a oito anos e multa.

G1