05 de março de 2021 - Fonte: G1 - Fotógrafo: Bill Paschoalotto/TV Fronteira
Centro Municipal de Atendimento à Covid-19 (Cemac), em Dracena
Vítimas fatais confirmadas nesta quinta-feira (4) foram dois homens, de 71 e 86 anos, e cinco mulheres, com idades entre 61 e 83 anos.

A Vigilância Epidemiológica Municipal registrou nesta quinta-feira (4) as confirmações de mais sete mortes causadas pela Covid-19 em Dracena (SP).

Este é o recorde de registros de mortes em um único dia, em apenas uma cidade, desde o início da pandemia, entre todos os 56 municípios que integram a região de Presidente Prudente (SP).

As vítimas fatais foram dois homens, de 71 e 86 anos, e cinco mulheres, sendo duas de 74 e as demais de 61, 78 e 83 anos.

Com isso, o total de óbitos na cidade decorrentes do novo coronavírus saltou para 85.

Veja as informações sobre cada caso contabilizado nesta quinta-feira (4):

79° óbito
Homem, de 71 anos, deu entrada no Centro Municipal de Atendimento à Covid-19 (Cemac) no dia 20 de fevereiro e faleceu no dia 22 às 8h51. O diagnóstico para Covid-19 foi confirmado nesta quinta-feira (4).

80° óbito
Mulher, de 74 anos, deu entrada no Pronto Atendimento Municipal (PAM) em 27 de fevereiro, recebeu atendimento, porém, faleceu às 20h35 do mesmo dia.

81° óbito
Homem, de 86 anos, deu entrada no Pronto Atendimento Municipal em 27 de fevereiro, onde recebeu atendimento e faleceu no dia 28 às 19h45.

82° óbito
Mulher, de 78 anos, deu entrada no Pronto Atendimento Municipal no dia 2 de março e faleceu às 21h38.

83° óbito
Mulher, de 83 anos, estava internada na Santa Casa de Presidente Epitácio e faleceu no dia 28 de fevereiro às 4h11.

84° óbito
Mulher, de 61 anos, estava internada na Santa Casa de Adamantina e faleceu no dia 1º de março às 20h23.

85° óbito
Mulher, de 74 anos, estava internada no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente e faleceu nesta quinta-feira (4), à 1h.
Ainda de acordo com o boletim epidemiológico oficial atualizado na noite desta quinta-feira (4), Dracena registrou nas últimas 24 horas registrou 42 novos casos de Covid-19. Com isso, o total de confirmados subiu para 3.402, com 745 pacientes em isolamento domiciliar e outras 29 pessoas em tratamento hospitalar.

Outros 49 casos suspeitos ainda aguardam os resultados dos exames.

Entre os pacientes vitimados pelo novo coronavírus em Dracena, estão o atual prefeito, André Kozan Lemos (PATRIOTA), e o antecessor dele no cargo, Juliano Brito Bertolini (PODE), ambos hospitalizados para o tratamento da doença.

Em entrevista ao G1 no dia 17 de fevereiro, o prefeito André Kozan Lemos afirmou que a cidade de Dracena entrou em colapso em decorrência do agravamento da pandemia da Covid-19.

Um decreto municipal foi elaborado com novas restrições impostas para tentar controlar a situação da pandemia no município, inclusive com a adoção de toque de recolher e lockdown aos fins de semana.

As visitas na penitenciária da cidade também foram suspensas.

G1