05 de junho de 2019 - Fonte: Divulgação - Fotógrafo: Vil Cabeleireito


Vilson Firmino, o Vil, Tupiense e cabeleireiro num estalo imaginou:

Porque não ensinar jovens e adultos em condições especiais a cuidarem de seus cabelos.

Como faria para ser didático e simples em falar de algo importante, mas que as pessoas não dão a importância necessária?

Com este pensamento, iniciou seu projeto.

Rabiscou, rasurou, descartou e deu seu start!

Precisaria ser compacto, afinal na atualidade ninguém fixa sua atenção em algo muito longo e repetitivo.

Vanguardista voltou ao passado onde as imagens impressas eram a melhor maneira para chamar a atenção e cravar o objetivo.


Precisava ainda de algo a mais.

Lembrou do tato, uma ótima forma de interação e com isso ganharia a textura.

Vil é muito observador, parecia ainda faltar uma parte, com isso veio o olfato.

Como não incluir algo tão importante?

Com este quesito seu projeto ganhou forma; o olfato traria a delícia de sentir um cabelo e couro cabeludo limpo, sensação de frescor e:

isso teria que ser lembrado pelos participantes, sejam eles como forem.

Ufa, conseguiu seu objetivo, seu projeto tem um mix de sensações onde nossos sentidos são aguçados, parte importante demais para quem precisa fixar o que faz, para refazer, e novamente lembrar e relembrar.

Prá finalizar cada participante também leva para casa um kit com shampoo e Máscara para tratamento e um pente.

Assim se sentindo valorizados como pessoas e seres humanos, irão todas as vezes, ELE acredita, cuidar se seus cabelos e couros cabeludos.

"Higiene capilar é mais importante do que possamos imaginar". Ressalta o Cabeleireiro.

Este projeto foi apresentado à APAE de Tupi Paulista que de imediato viu nele algo engajador e abraçou a causa, e com apoio da prefeitura municipal que cedeu o espaço da Escola da Beleza para a concretização.

E com isto durante a última semana de maio ele se realizou.

Uma prova onde a união faz a força